O grampo de Moro

Na manhã de 4 de março, o país foi alvoroçado por notícias de que a Polícia Federal cumpria diligências de busca e apreensão no apartamento e no sítio que pertenceriam ao ex-presidente Lula, enquanto ele era conduzido coercitivamente para depor sobre as reformas realizadas nos dois imóveis, que teriam sido pagas com dinheiro de empreiteiras. … Continua

Leia mais